33.8 C
Paraíba, Pombal
sábado, 16 dezembro, 2017

A linguagem da informática no ambiente virtual é formada por termos, siglas e palavras que nem sempre todos compreendem o significado. Se você tem alguma dificuldade ou dúvida em relação à internet e suas ferramentas de informática, consulte o glossário abaixo e conheça melhor cada termo e suas funções.

Fique por dentro dos termos mais usados em ambientes virtuais

É a imagem que identifica o perfil de um usuário nas redes sociais.

Um app (abreviação de aplicativo) é um programa de computador desenvolvido para determinada finalidade. O aplicativo “Pessoa Física”, por exemplo, é um programa da Receita Federal para smartphones que permite ao usuário consultar informações sobre a liberação da restituição do imposto de renda, a situação cadastral de um CPF, entre outras funções.

Canais de atualização ágil e estrutura simples, onde é possível publicar textos (chamados de posts), dispostos na ordem cronológica inversa.

São os links ordenados por relevância em uma página de resultados, excluídos os links patrocinados.

Representa o efeito da voz coletiva nas redes sociais. Sinônimo de “burburinho”, barulho, zunido.

Braço do marketing que dissemina uma propaganda de produtos ou serviços por meio das redes sociais.

Um estilo de computação que oferece recursos virtuais acessáveis a partir de um navegador da internet, enquanto o software e os dados são armazenados nos servidores. Um webmail como o Windows Live Hotmail, da Microsoft, ou o calendário MobileMe, da Apple, são exemplos de cloud computing.

Informativos ou peças publicitárias no formato HTML, que são enviados a e-mails previamente cadastrados.

Componente de software que permite que uma aplicação possa ser incorporada dentro de outra. Por exemplo, quando um vídeo é adicionado a uma matéria em uma página da internet, ele foi “embedado”.

Serviço que reúne as atualização de dados de sites e redes sociais. Também permite que o usuário tenha acesso aos dados sem precisar acessar os canais originais.

Funções do Twitter, usadas para “seguir” (follow) alguém nas redes sociais, ou seja, para acompanhar as atualizações de uma página pessoal ou de empresa ou governo. Já “unfollow” representa o inverso: deixar de acompanhar as informações de determinada página.

Terminologia do Twitter, que representa o usuário que opta por seguir ou acompanhar as atualizações de determinadas páginas/ perfis.

Terminologia do Twitter, que representa seguir alguém que acabou de começar a seguir seu perfil.

Terminologia do Twitter, que representa uma mensagem pública enviada de um usuário do Twitter para outro. Para fazer isso, basta colocar @nomedousuario em qualquer parte do tweet.

Terminologia do Twitter, que representa uma mensagem pública quem alguém enviou pra você ou que cita você. Para visualizar essas mensagens, basta clicar em “@Mentions” ou “@Menções”, na sua página inicial.

Serviço do Twitter que permite que o usuário encontre outros “tweets” relacionados. Ao utilizar o símbolo “#” antes de determinada palavra, o Twitter e seus usuários a reconhecem como tag. Exemplo: #portalbrasil

É o processo de estruturamento do total de links externos para um site.

Forma de publicidade por meio de resultados de uma busca. Costuma ter relação com a palavra-chave utilizada na procura.

Marketing viral ou publicidade viral referem-se a técnicas de marketing que tentam explorar redes sociais pré-existentes para produzir aumentos exponenciais em conhecimento de marca.

É a combinação de dois ou mais aplicativos de internet para melhorar a oferta aos usuários. Exemplos: Facebook exibe postagens do Twitter, sites de notícias que exibem vídeos do Youtube, Google Maps exibe imagens do Flickr.

São canais de comunicação projetados para permitir a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos.

Serviço de pesquisa, seleção e preparação de relatórios sobre notícias e posts veiculados sobre uma determinada marca ou assunto nas redes sociais.

Refere-se ao RSS, uma tecnologia que permite que o usuário veja quando os sites da Web adicionam novos conteúdos. Em um site de notícias, por exemplo, é possível assinar o feed e receber as notícias em um só lugar, logo que forem publicados. Já em um site de redes sociais como o Twitter, o feed do usuário é alimentado pelo conteúdo postado por aqueles a quem este mesmo usuário escolheu seguir (follow).

Trata-se de uma família de algoritmos de análise de rede que dá pesos numéricos a cada elemento de uma coleção de páginas da Internet, com o propósito de medir a sua importância nesse grupo por meio de um motor de busca.

Sistema de geração de conteúdo livre e de código aberto, que permite construção de um site completo, com várias funcionalidades. Com ele, o usuário consegue criar um site, gerenciar seu conteúdo por meio de uma interface acessível, personalizar seu aspecto visual básico, divulgar notícias, eventos e links, além de publicar fotos, arquivos e vídeos.

É uma forma de publicação de arquivos de mídia digital (áudio, vídeo, foto, apresentações etc.) pela Internet, por meio de um Feed, que permite aos utilizadores acompanhar a sua atualização.

São estruturas sociais constituídas por pessoas, organizações, grupos, associações e empresas, que, ligados entre si, estabelecem relações, que podem ser de vários tipos (comunitárias, profissionais, de relacionamento etc.).

É um feed que agrega conteúdos, podendo ser acessado mediante programas ou sites agregadores.

Terminologia do Twitter, que representa o compartilhamento de uma mensagem que alguém já tweetou. Existem duas formas de retweetar um post: clicando no botão “Retweetar”, que aparece embaixo de cada mensagem ao passar o mouse sobre ela, ou copiando a mensagem, colando no campo “O que está acontecendo” e colocando na frente “RT @nomedousuário”.

Estratégia de disseminar um determinado assunto nas redes sociais, “semeando” informações na internet, mídias sociais, blogs etc.

É o conjunto de estratégias para sites de busca. Envolve otimização de sites e links patrocinados.

São as estrátegias para melhorar, de forma racional, a visibilidade de um site na busca natural dos sites de busca.

É um sistema online de marcação de páginas “favoritas”, que tem por finalidade disponibilizar seus gostos pessoais na internet para o compartilhamento com outros usuários.

É um termo que descreve a utilização de redes sociais, comunidades online, blogs, wikis ou qualquer outra forma de colaboração e interação da Internet com objetivos de marketing: aumentar a visibilidade de uma marca, melhorar a percepção de valor de um produto, aumentar o tráfego de um site ou simplesmente criar relacionamento entre o cliente e uma marca de forma duradoura e consistente.

É um conjunto de práticas que visa gerenciar a presença digital de uma marca nos diversos canais e mídias sociais existentes na web.

É a ampliação da relação empresa-clientes, pela qual a empresa utiliza as mídias sociais para melhor conhecer e atingir seu público-alvo.

São programas de computador gratuitos que disponibilizam seu código-fonte, onde o usuário tem a liberdade de executar, distribuir, modificar e repassar alterações, sem que seja necessário pedir permissão ao criador do programa.

Tipo de computador portátil equipado com uma tela sensível ao toque ou caneta. O termo “Tablet PC” tornou-se popular em um produto anunciado em 2001 pela Microsoft. Em janeiro de 2010, a Apple lançou o iPad.

É a organização cronológica dos conteúdos postados pelos usuários nas redes sociais.

São narrativas (conteúdos) que usam diferentes mídias para completar uma mensagem inicial. A técnica serve para atingir diferentes públicos afim de criar engajamento sobre um produto ou uma marca.

Recurso do Twitter que filtra e lista os termos e frases mais publicadas, em tempo real, na rede social. Pode ser filtrada por assuntos mundiais, de um determinado país ou até de uma determinada cidade.

Mensagem publicada no Twitter, que possui até 140 caracteres.

Ato identificado na web quando posts, vídeos ou fotos passam a ser muito acessados e comentados nas redes sociais.

Termo cunhado para designar uma segunda geração de serviços baseados na plataforma web, como wikis e redes sociais.

É um componente de uma interface gráfica do usuário, o que inclui janelas, botões, menus, ícones, barras de rolagem e aplicativos.

Termo utilizado para identificar um tipo específico de página colaborativa na internet (ou, ainda, para designar o software usado em sua criação).o.

São estratégias de marketing que encorajam indivíduos da sociedade a repassar uma mensagem de marketing para outros, criando potencial para o crescimento exponencial tanto na exposição como na influência da mensagem.

Recentes

LEI Nº 1.788/2017

LEI Nº 1.787/2017

LEI Nº 1.783/2017

LEI Nº 1.806/2017

LEI Nº 1.805/2017